Renda Fixa

5 Flares 5 Flares ×

renda fixa

O que é Renda Fixa?

Definimos a renda fixa como sendo um investimento de baixo risco e que a remuneração que o investidor receberá no final do vencimento do título será negociada no ato do investimento.

Sendo assim, quando você faz um investimento em algum título de renda fixa, saberá exatamente quanto receberá pelo montante aplicado no determinado período, porém os títulos de renda fixa variam de acordo suas categorias, podendo ser prefixado, ou seja, se estabelece um percentual a ser pago pela aplicação ou pós-fixado que variam de acordo com as taxas de juros do mercado.

Para um título de renda fixa, o retorno periódico sobre o investimento é o mesmo em toda a vida do título.

O principal é devolvido no momento da maturidade. O pagamento pode ser feito na forma de um pagamento de cupom, ou um pagamento de juros.

Devido a esta certeza, títulos de renda fixa, normalmente têm uma menor taxa de retorno de títulos de renda variável. Títulos de renda fixa são especialmente populares para investidores com aversão ao risco.

Os títulos de renda fixa podem ser, privados que neste caso são emitidos por empresas ou públicos que são emitidos pelo governo e também pode ter títulos com taxas prefixadas ou pós-fixadas.

Um exemplo de investimento em renda fixa prefixada, um investidor possui um título do Tesouro de 30 anos com um valor nominal de R$ 1.000 e uma taxa de juros de 10% a.a.

O investidor pode contar em receber R$ 100 em pagamentos de juros anuais por 30 anos, momento em que ele irá receber o pagamento de juros final,  e mais o retorno de seu R$ 1.000.

Investimento em renda fixa pós-fixada não podemos descrever com exatidão o rendimento que será recebido ao final do período pois o mesmo varia de acordo com os índices do mercado dependendo do título que foi comprado.

Mas como exemplo, temos os títulos ligados a Taxa Selic, que desta forma vão render conforme sua variação.

Sendo assim, mesmo o título ser de renda fixa, temos aqueles que conseguimos saber qual será o rendimento ao final do período e também os que não saberemos pois dependem da variação dos índices.

Abaixo uma lista de alguns tipos de investimentos em renda fixa para você começar a entender um pouco mais sobre esse mercado:

CDB – Certificado de Depósito Bancário

→ Baseia-se em títulos nominativos emitidos pelos bancos e vendidos ao público como forma de captação de recursos. 

Debêntures

→ É um tipo de título privado, título de renda fixa emitido por uma empresa também com finalidade de captar recursos. 

Tesouro Direto

→ É um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional com finalidade de captar recursos para financiar atividades do governo federal.


LCI – Letra de Crédito Imobiliário

→ LCIs são papéis de renda fixa lastreados em créditos imobiliários garantidos por hipotecas ou por alienação fiduciária de um bem imóvel e que dão aos seus tomadores direito de crédito pelo valor nominal, juros e atualização monetária.


LCA – Letra de Crédito do Agronegócio

→ Letra de Crédito do Agronegócio é um investimento de renda fixa em que os recursos são destinados ao fomento do agronegócio.


Caderneta de poupança

→ É uma forma de investimento de baixo risco cujo funcionamento é regido por regras específicas estabelecidas pelo governo para depósitos de poupança.

Concluindo

Os títulos de renda fixa são com certeza ótimas opções para você investir, além dos apresentados aqui, ainda existem outros tipos de investimento em renda fixa.

Porém podem existir títulos com rentabilidade superior ou inferior aos apresentados, mesmo assim continuam sendo boas opções para quem está começando e também para aqueles que já estão a bastante tempo no mercado de investimentos, pois a renda fixa nos garante mais segurança de retorno sobre o investimento.

Abraços e até a próxima!