Você controla seus gastos e ganhos? Não faça igual a mim!

0 Flares 0 Flares ×

você controla seus ganhos e gastos

Você entra na lista das pessoas que reclamam que recebem pouco e trabalham demais e por conta de receber pouco está endividada?

Você sabe qual a real necessidade do que você precisa para sobrevivência e não se deixa levar por propagandas persuasivas?

Você consegue fazer gastos altos, por exemplo, viajar para longe, sem comprometer seu orçamento e sem se endividar?

Essas são algumas das perguntas que milhares e milhares de pessoas não conseguem responder com entusiasmo e confiança e falar que tem pleno controle de sua vida financeira.

Eu particularmente me faço essas perguntas frequentemente pra não esquecer que preciso saber lidar muito bem com o dinheiro o tempo todo, pois em um mundo capitalista em que vivemos saber lidar com o dinheiro é de extrema importância.

E a frase que precisa ser fixa em sua mente é …

Eu tenho que gastar menos do que ganho, Sempre!

Nunca ouvi ninguém dizer que gasta mais do que ganha e que está com o saldo positivo e com tudo controlado.

E se pararmos para pensar quando falamos que isso é ruim para nossa saúde financeira, na verdade não é só ruim para saúde financeira e sim para saúde como um todo, por que isso abala o psicológico de muitos, principalmente aqueles que não gostam de ficar devendo ninguém.

Que sirva de exemplo e lição o que aconteceu comigo

minha história

Há um tempo quando pensava que poderia comprar tudo e em qualquer hora por trabalhar demais, pois pensamos isso o tempo todo, na verdade, pensamos o seguinte, tudo é motivo para gastar, tanto quando acontecem coisas boas quanto coisas ruins.

Sendo assim, eu comprava quando aparecia algo em promoção e isso era uma coisa boa, naquele momento aquilo estava “barato” e algumas vezes nem precisava do que comprei. Sempre quando havia feriados, eu viajava, por que quem não gosta de aproveitar o feriado pra viajar, porém nem ligava para saber se estava com dinheiro sobrando.

O cartão de crédito nos ajuda nesse momento.

Em alguns casos, quando algo ruim acontecia, por exemplo, alguma decepção que tive com alguém, isso virara motivo para sair e beber ou comprar algo, para espairecer, e fazemos isso muitas vezes inconscientemente.

Com essas situações, o que foi acontecendo foi que gastava mais do que podia, ou seja, ganhava X e gastava Y. E nesse processo eu fui acumulando dívidas e mais dívidas.

E chegou num momento que tive que resolver aquela situação, seja, fazendo um empréstimo ou financiando a dívida, e neste momento foi o que fiz.

Porém paguei altas taxas de juros e fiquei por bastante tempo, dando dinheiro de graça pro Banco por ter pegado emprestado.

E quando você acha que foi ai que resolvi minha situação e nunca mais passei por aquilo …  Você esta completamente enganado.

Conhece a Lei de Murphy?

Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.”

E foi exatamente assim que aconteceu, no ano seguinte, quando estava acabando o parcelamento daquela dívida que havia contraído e que tudo normalizaria e eu passaria a viver mais tranquilo financeiramente, aconteceu tudo ao contrário.

Após pagar a última parcela do parcelamento que havia feito eu tinha acumulado novamente o mesmo montante que havia parcelado no ano anterior, ficando então na mesma situação já passada.

Mais uma vez eu gastei desnecessariamente e mais uma vez eu gastei mais do que ganhava.

Tinha aprendido a lição? Não!

Porém ao analisar por um longo tempo àquela situação eu percebi que, senão mudasse de uma vez por todas esse modo de pensar e agir, iria acontecer de novo, e de novo, e de novo …

Antes de continuar, abro aqui um parêntese!

“Creio que talvez você possa estar lendo esse texto e esteja se identificando, eu sei que muitos passam por isso, o que tenho a dizer é, fique calmo, essa situação se resolve, ela tem solução, continue lendo para saber o que eu fiz.”

Vença a si próprio

vença a si próprio

Naquele momento, estava completamente abalado, sem entender como eu deixei aquilo acontecer mais uma vez, e que teria resolver aquela situação.

Mas antes de consertar aquela dívida, e parcelar mais uma vez e ficar por bastante tempo dando dinheiro de graça para o banco, eu refleti e tomei uma decisão e que hoje eu agradeço por ter tomado.

A coisa mais difícil de você conseguir fazer é vencer a si próprio, seja o que for, para gastar menos, para fazer uma atividade, para seguir um objetivo até o final, vencer você é muito difícil.

Eu tenho minhas conclusões que talvez seja mais difícil vencer você do que vencer alguém.

Quando você precisa mudar, isso só dependerá de você, se não tiver a disciplina, coragem, vontade, garra, determinação e alguns outros fatores, você não consegue.

O engraçado é que você consegue incentivar outros a vencerem, porém você mesmo não consegue sair do lugar.

Então a decisão mais difícil foi falar para mim que nunca mais iria passar por aquela situação, não iria fazer mais nada por impulso e iria tomar as rédeas da situação e controlar minha vida financeira.

E desde então, eu comecei a mudar minha atitude, de maneira que gastos desnecessários ou gastar além do que ganhava não iria acontecer mais.

No início foi difícil, mas comecei anotando os gastos que tinha, e futuramente passei a fazer um orçamento para o futuro, o que eu gastaria durante um ano. Uma simples planilha de Excel pode mudar sua vida rs.

O que você aprendeu ou pode aprender com isso

o que você aprendeu

A primeira lição é não gastar mais do que você ganha, nunca.

Se você ganhar X, o máximo que você pode fazer é gastar X e nunca X².

Coloque na sua cabeça o seguinte, se não existisse conta no banco, eu não tivesse cartão de crédito ou um especial, um crediário, nenhuma forma de parcelar para que você consiga gastar mais, você só iria conseguir gastar o que de fato recebeu.

Hoje nós temos facilidade de crédito, qualquer um quer te dar o dinheiro para você gastar, então as chances de se endividar é extremamente grande.

Você precisa vencer a si próprio. Essa é sua grande missão!

Então, para concluir e responder as perguntas do início do texto.

Não fique reclamando que ganha pouco e por isso esta endividado, você pode e deve sempre querer ganhar mais, mas se está endividado por gastar demais, não é por que você ganha pouco e sim porque gasta demais.

Também não gaste com o que não for necessário, preste muito atenção na propaganda daquele produto que está persuadindo você comprar.

Uma dica para quando se deparar com uma oferta irresistível, pense assim, a pessoa que está vendendo aquele produto estudou muito tempo para criar uma oferta que cria um gatilho que de fato se torna irresistível de não comprar, porém eu sou mais esperto que ele e consigo entender isso, que ele só quer me vender seu produto, dessa forma como não é necessário para mim não vou comprar, só comprarei se realmente estiver precisando.

Talvez isso ajude. Quando você identifica que as empresas somente querem vender para você, você comprará a partir de então o que de fato precisa.

E a ultima pergunta, se você não controla seus gastos, é fato que você não tenha um planejamento, sendo assim, viajar só se for apertado ou esporádico. Então é necessário planejar.

Ah e outra coisa que já ia me esquecendo, ganhar mais não quer dizer que agora você está bem e poderá gastar com o que quiser, pelo contrário você precisa controlar mais ainda seu dinheiro.

E falo mais, se ganhou mais e está sobrando, pense no longo prazo, comece a investir o dinheiro para tornar se livre financeiramente no futuro, talvez isso aqui possa te ajudar a investir melhor, clique e assista.

Então, fico por aqui.

Abraços e sucessos!